DEPOIMENTOS


O despertar
As crises, obstáculos e até doenças podem ser oportunidades para nos superarmos e evoluirmos. Elas sempre trazem algum aprendizado. Por vezes não entendemos e até nos questionamos o por que estamos passando por aquilo. Porém, o tempo não falha em nos mostrar as lições que precisavam ser aprendidas.
O meu despertar ocorreu após a maternidade. Meu filho não gostava nadinha de dormir,  e passei por dois anos de privação de sono “severa”. Essa situação me obrigou a buscar ferramentas de auto controle.  Quanto mais eu lia e estudava, mais eu mergulhava em mim mesma, nas minhas limitações e suas origens.
 Confesso que no começo foi assustador, mas aos poucos foi ficando claro o motivo daquela necessidade de auto conhecimento, reavaliação e resignificação da vida.  Foi quando passei a questionar o tipo de vida eu estava levando, por quais objetivo estava batalhando e qual realmente era o sentido da vida, da minha vida.
Costumo dizer que meu filho veio para colocar tudo em seu devido lugar, pois graças a ele entendi o que realmente tem valor e importância. Que a vida é mais, muito mais que trabalhar e pagar boletos. Daquela vontade de ser alguém melhor para ele, veio a vontade de ser melhor para mim e para o mundo.
Despertei para a necessidade de evoluir, de expandir não só conhecimento, mas consciência.  Percebi que a vida deve ser leve, bela e feliz. Estou apenas no começo dessa longa e maravilhosa caminhada.
E você, qual foi seu despertar? O que te fez, ou faz, pensar que a vida pode e deve ser diferente? Já pensou nisso? Conta pra gente!
Vem com o Teraguia nessa jornada!

Tathiana Mesquita Henning, é mãe do Thomas e jornalista  cocriadora do Teraguia

Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeCheck Our FeedVisit Us On Instagram